domingo, 15 de julho de 2012

O Método PEACE, de Lou Marinoff: refletindo sobre filosofia clínica e aconselhamento filosófico


Em alguns de nossos atendimentos, utilizamos do método PEACE, que descrevemos brevemente aqui para que as pessoas o conheçam um pouco melhor.

No livro "Mais Platão, Menos Prozac", o professor canadense e doutor em Filosofia da Ciência pela Universidade de Londres, Lou Marinoff, defende um movimento de aconselhamento filosófico, prática que vem se desenvolvendo desde 1994 e que já reúne milhares de filósofos no mundo.


O MÉTODO PEACE

O método desenvolvido por Lou Marinoff que ajuda as pessoas a encarar uma questão sob uma perspectiva filosófica, traz em si um acrônimo que significa paz(em inglês, peace), em que as situações são avaliadas sob o seguinte prisma:

P= Probelma;
E=Emoção;
A=Análise;
C=Contemplação;
E=Equilíbrio.


São cinco passos que pretendem levar a pessoa a ter paz com um determinado conflito. Neste sentido, o indivíduo

1) Identifica o Problema;
2) Enumera as emoções que ele traz;
3) Avalia e lista as opções e caminhos para enfrentar o problema;
4) Contempla e trabalha a situação em sua totalidade, podendo considerar compreensões, posições, sistemas e métodos filosóficos;
5) Equilibrando-se, pode tomar uma decisão apropriada e justificável.



O MÉTODO PEACE COMO CURADOR DE TODOS OS MALES?

O método destina-se àquelas pessoas que sentem desconfortos em suas vidas que não são tão significativo a ponto de procurar um analista. Assim, Marinoff busca demonstrar a possibilidade de encontrar uma "filosofia de vida" que preencha as lacunas onde não adentram a diagnose, seja da psicologia ou da psiquiatria.

É óbvio que não se presta o método apresentado à cura a todo e qualquer desequilíbrio humano. Aliás, essa não é sequer a proposta do livro.

Cabe então concluir, assim, que a aplicação do aconselhamento filosófico é adequado apenas para pessoas que já tenham uma empatia natural e uma proximidade ideológica com as cogitações filosóficas dos principais pensadores da história mundial.


A FILOSOFIA PRÓXIMA DAS "PESSOAS COMUNS"

Grande parte da população moderna desconhece os enormes benefícios que o contato com diversos textos filosóficos pode trazer à sua forma de encarar a vida.

Bem sabemos que após os escritos de Immanuel Kant, a filosofia DEIXOU de ser "pública" e se tornou matéria de especialistas. Se por um lado a ciência filosófica ganha muito no critério 'rigor científico', passando a habitar os gabinetes acadêmicos, por outro ela se afasta das pessoas comuns que não dominam técnicas hermenêuticas e não são especialistas em filosofia. E, evidentemente, deixa de colaborar com esta larga fatia de indivíduos.

Por consequencia, tal aproximação é proposta pelo método PEACE, sem qualquer pretensão de ser a Panacéia de todos os conflitos do ser, mas contribuindo efetivamente para a diminuição dos nossos conflitos íntimos.


COMO É REALIZADO?

Individualmente, é feito através de conversas e leitura de textos filosóficos pertinentes, em sessões regulares. Em grupo, o método usado vai ser direcionado de acordo com as expectativas das pessoas envolvidas. Para estudos de textos filosóficos pode se utilizar comunidades de investigação onde se escolhe e estuda um texto, na medida que é feita sua análise. Para discussão de idéias ou temas utiliza-se o diálogo socrático, focado em perguntas poderosas, onde o grupo vai construindo coletivamente as idéias propostas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário